Forúm Comité Nacional Fisicoculturismo

Bodybuilding and Fitness
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Login  
Compartilhe | 
 

 A Importância do Aquecimento !

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Wabba-Portugal



Mensagens: 126
Data de inscrição: 16/07/2007

MensagemAssunto: A Importância do Aquecimento !   15/2/2008, 11:11 pm

Aquecimento – exercício preliminar

Participar de algum tipo de actividade física ou aquecimento antes de um exercício vigoroso em geral é aceito como um procedimento válido por técnicos, treinadores e atletas de todos os níveis de competição. A crença subjacente é a de que esse exercício preliminar ajuda o executante a preparar-se fisiológica ou psicologicamente para um evento e pode reduzir as hipóteses de lesão articular e muscular. Num estudo realizado, eram necessárias maiores forças e aumentos no comprimento muscular para lesar um músculo “aquecido”, em comparação com um músculo na condição “fria”. O processo de aquecimento alonga (estica) a unidade músculo-tendinosa e, portanto, permite possivelmente alcançar um maior comprimento e menos tensão quando uma determinada carga externa é aplicada na unidade músculo-tendinosa.

Em geral, o aquecimento é classificado numa de duas categorias, porém existe frequentemente alguma sobreposição.

- Aquecimento geral – quando se realiza algum exercício, ou outro recurso passivo, com o intuito de aquecer o corpo como um todo. Os exemplos deste tipo de aquecimento incluem calistenia, alongamento e movimentos corporais gerais ou exercícios de “relaxamento” que independente das acções neuromusculares específicas do desempenho antecipado.

- Aquecimento específico – Este tipo de exercício preliminar proporciona um treino das habilidades necessárias na actividade real para a qual o participante está se preparando. São exemplos: para o jogador de golfe, balançar um taco de golfe; para o jogador de basebol, arremessar bolas de basebol antes do início da partida; pulos preliminares nos saltos em altura ou com vara para atletas do atletismo, etc.

Benefícios Psicológicos

Os competidores de todos os níveis acham importantíssimo que a realização de alguma actividade prévia, relacionada às habilidades, os prepara mentalmente para suas provas, permitindo que a sua concentração e “psique” estejam focalizadas claramente no desempenho que se aproxima. Alguma evidência apoia a opinião que um aquecimento específico relacionado à própria actividade aprimora a destreza e a coordenação necessárias. Consequentemente, os desportos que exigem exactidão, sincronia, e movimentos precisos em geral se beneficiam de algum tipo de prática preliminar específica e “formal”.

Existe também a noção de que o exercício prévio antes de um esforço extenuante prepara gradualmente a pessoa para dar “tudo” sem temor de sofrer uma lesão. É difícil, ou até impossível, que um indivíduo possa exercitar-se com esforço máximo sem qualquer aquecimento se ele ou ela acredita que o aquecimento seja mesmo importante.

Benefícios Fisiológicos

Com bases puramente fisiológicas, existem cinco mecanismos possíveis pelos quais o aquecimento poderia aprimorar o desempenho físico e a capacidade de realizar exercícios como resultado dos aumentos subsequentes no fluxo sanguíneo e nas temperaturas musculares e central:

- Maior velocidade de contracção e relaxamento dos músculos.
- Maior economia de movimento, por causa da menor resistência viscosa dentro dos músculos activos.
- Fornecimento facilitado de oxigénio pelos músculos, pois a hemoglobina liberta oxigénio mais prontamente nas temperaturas altas.
- Transmissão neural e metabolismo muscular facilitados, como resultado do efeito directo que a temperatura exerce sobre a aceleração no ritmo dos processos corporais; um aquecimento específico pode facilitar também o recrutamento das unidades motoras necessárias para a realização da actividade física.
- Maior fluxo sanguíneo através dos tecidos activos à medida que o leito vascular local se dilata com os níveis mais altos de metabolismo e de temperatura muscular.

Benefícios do aquecimento antes de exercícios extenuante brusco

O esforço brusco pode desencadear o início de um enfarto do miocárdio (músculo do coração), particularmente nas pessoas sedentárias. Tendo isso em mente, a consideração dos possíveis benefícios devidos ao aquecimento adquire um maior significado.

Vários estudos avaliaram os efeitos de um estudo preliminar sobre a resposta cardiovascular ao exercício extenuante brusco. Os achados proporcionaram um arcabouço fisiológico diferente para justificar o aquecimento.

As observações dos estudos indicam que a adaptação do fluxo sanguíneo coronário a um aumento brusco no trabalho do miocárdio não é instantânea e que a isquemia transitória do miocárdio (suprimento precário de oxigénio para o coração) pode ocorrer em indivíduos aparentemente sadios e aptos.

O efeito do aquecimento prévio (de pelo menos 2 minutos de trote leve) sobre o electrocardiograma subsequente e a resposta da pressão arterial ao exercício vigoroso indicam que existe um benefício do aquecimento no sentido de estabelecer uma relação favorável entre o recebimento e o envio de oxigénio pelo miocárdio. Provavelmente, o aquecimento que precede o exercício extenuante constitui uma prática prudente para todas as pessoas, porém é mais importante para aqueles com limitações no fluxo sanguíneo miocárdio, como os que sofrem de coronáriopatia. Um aquecimento breve facilita provavelmente uma pressão arterial óptima e um bom ajuste hormonal no início do exercício extenuante. O exercício prévio poderia desempenhar apenas uma ou ambas de duas finalidades benéficas no início do exercício brusco: reduzir a carga de trabalho do miocárdio e, dessa forma, o seu envio de oxigénio e/ou aumentar o fluxo sanguíneo através das artérias coronárias.

Efeitos do aquecimento sobre o desempenho

Realizou-se poucos estudos acerca do efeito ergogênico do aquecimento, porém é provável que o mesmo seja benéfico. Por causa dos poderosos benefícios psicológicos e possivelmente fisiológicos do aquecimento, seja ele passivo (massagem, aplicações de calor e diatermia), geral (calistenia, trote) ou específico (realização dos movimentos reais), recomendamos que esses procedimentos sejam continuados. Até haver evidência substancial capaz de justificar sua eliminação, um breve aquecimento constitui certamente uma forma confortável para prosseguir com um exercício mais vigoroso.

O aquecimento deve ser gradual e suficiente para aumentar a temperatura muscular e central, sem causar fadiga nem reduzir as reservas de energias. Porém, leve em conta, que essa consideração é altamente individualizada.

Para tirar proveito dos possíveis benefícios da maior temperatura corporal, o indivíduo deveria iniciar o evento ou actividade real dentro de alguns minutos após o término do aquecimento. Neste, os músculos específicos devem ser utilizados de forma a similar a actividade antecipada e a produzir toda a amplitude de movimento articular.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 

A Importância do Aquecimento !

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» A Importância dos Faróis e lanternas II
» A importância de se conhecer uma carta nautica
» A IMPORTÂNCIA DE SE CONHECER UM CLIENTE
» A IMPORTÂNCIA DE UM SEGUNDO IDIOMA
» A importância do uso de equipamentos de segurança...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forúm Comité Nacional Fisicoculturismo ::  ::  :: -