Forúm Comité Nacional Fisicoculturismo

Bodybuilding and Fitness
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Fecundidade tem vindo a diminuir em Portugal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Wabba-Portugal

avatar

Mensagens : 126
Data de inscrição : 16/07/2007

MensagemAssunto: Fecundidade tem vindo a diminuir em Portugal   1/4/2008, 8:56 am

Há mais de 25 anos que não se renovam gerações



O Índice de Fecundidade tem vindo a diminuir em Portugal nos últimos 50 anos e desde 1982 que o número médio de nascimentos por mulher, em idade fértil, não assegura a renovação das gerações.

A nível nacional, os números revelam uma "realidade que compromete o futuro do país", afirma Maria Filomena Mendes, professora da Universidade de Évora (UE) e membro da comissão organizadora de um congresso, que decorre hoje.

"Em 1960, o Indicador Sintético de Fecundidade, que nos dá o número médio de filhos que cada mulher tem, era de 3,16 filhos por mulher", lembrou, observando que, em 1970, decresceu para 3,02 e, dez anos depois, já era de 2,26. Em 1990, diminuiu para 1,55, em 1995 para 1,41 e, em 2006, o número baixou ainda mais, para 1,35 filhos por mulher", indicou. Apenas se verificou uma inversão desta tendência em 2000, igualando o ano de 1990, período em que cada mulher teve, em média, 1,55 filhos.

"Nos anos a seguir à Expo 98, em que havia um grande volume de obras públicas a decorrer, logo mais oportunidades de trabalho, existia também mais confiança e expectativas em relação ao futuro, daí verificarem-se mais nascimentos", esclareceu Maria Filomena Mendes, em entrevista à agência Lusa.

A não renovação das gerações começou a verificar-se a partir de 1982, ano em que o Índice de Fecundidade baixou dos dois filhos por cada mulher. "Deparamo-nos com dois grandes problemas primeiro, são cada vez menos as gerações férteis, porque ao longo das décadas, consecutivamente, têm havido menos nascimentos", disse. O segundo problema, acrescentou, é que "as mulheres têm filhos cada vez mais tarde, próximo dos 30 anos, o que diminui a probabilidade de virem a ter mais filhos".

A manter-se esta tendência, avisou a docente, determinadas regiões do país, como o Alentejo, podem sofrer consequências graves. "No Alentejo, se a fecundidade se mantiver nos níveis dos últimos anos, daqui a meio século não teremos um número de nascimentos que assegure o funcionamento de uma maternidade", conjecturou.

O declínio da fecundidade vai ser debatido hoje na Universidade de Évora, na conferência "Horizontes da Fecundidade em Portugal das estratégias individuais ao futuro da sociedade", organizada em colaboração com a Associação Portuguesa de Demografia.

Texto de: Alfredo Cunha
Fonte: Jornal de Notícias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Fecundidade tem vindo a diminuir em Portugal
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Estará o Javali a diminuir em Portugal
» Kit Car Portugal
» Logo da bandeira de Portugal
» Video passeio pelos castelos de Portugal até Excelente aniversário Os Correias
» EXCIDIUM - Alugue um GT-R em Portugal

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forúm Comité Nacional Fisicoculturismo :: TEMAS GERAIS :: NOTICÍAS :: 2008-
Ir para: