Forúm Comité Nacional Fisicoculturismo

Bodybuilding and Fitness
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 1º Artigo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Wabba-Portugal

avatar

Mensagens : 126
Data de inscrição : 16/07/2007

MensagemAssunto: 1º Artigo   9/1/2008, 7:57 am

1º ARTIGO TÉCNICO
SANDRO DIAS (PERSONAL TRAINER)

11/08/2007

Não seria correcto da minha parte abrir este espaço sem começar por falar na fase pré exercício. Esta é uma das fases mais importantes, senão a mais importante. Se está a pensar tornar-se mais activo e passar a frequentar um ginásio certifique-se que não só o espaço é dotado de boas infra estruturas, preencha as condições mínimas de higiene mas que acima de tudo tenha instrutores formados e especializados na área do exercício, nomeadamente musculação e cardio que será a área em discussão neste espaço. È actualmente uma verdade aceite em todo o mundo que a prática regular de exercício físico moderado é benéfico para a saúde, porém existem pessoas cuja prática de exercício é limitada senão mesmo contra indicada. Daí a importância dos ginásios necessitarem de ter profissionais especializados a para que possam identificar pessoas com eventuais limitações ou contra indicações para o exercício físico. Existe nos dias de hoje uma maior incidência de doenças que estão relacionadas com a inactividade e com os maus hábitos alimentares. Estudos recentes mostram que em Portugal apenas 10% dos hipertensos estão diagnosticados e devidamente controlados, ora isto significa que existem 90% de hipertensos e a grande maioria nem sabe que possui esta doença, dado ser assintomática. Tal como hipertensos existem pessoas com problemas cardíacos, ósseos, metabólicos que necessitam de atenção especial no que diz respeito à elaboração e acompanhamento do plano de treino. È importante falar com um instrutor especializado antes de iniciar um programa de exercício e ele deve ser capaz de identificar sinais indicativos de alguma doença e então deve encaminhar a pessoa para o médico, se o consentimento médico for dado o instrutor tem que ser capaz de prescrever o plano de treino mais indicado para a pessoa em causa. Se é um individuo aparentemente saudável sem quaisquer doença sintoma ou factor de risco e tenciona aderir a um programa de exercício assegure-se também que tem o plano de treino mais indicado para si, independentemente se é saudável ou não o treino tem de ser o mais personalizado possível. Assiste-se muito frequentemente nas salas de musculação atletas iniciados a copiar treinos e a seguir conselhos dos atletas mais experientes, isto é de todo errado, embora sejam bem intencionados são inadequados, pois os atletas iniciados ainda não possuem estrutura muscular e tendinosa para suportar esses treinos. Qualquer plano de treino de força deve seguir os seguintes princípios básicos: Princípio da variabilidade;a natureza repetitiva do treino de levantamento de pesos pode levar depressa ao tédio, por isso o treino deve variar (exercícios, repetições, séries, método de treino, etc). Princípio da individualidade biológica; O mesmo tipo de treino para duas pessoas mesmo que idênticas não é certo que o efeito será o mesmo, por isto é importante que faça uma avaliação prévia ao exercício para que o plano de treino seja o mais especifico para si. Peça no seu ginásio para que lhe façam uma avaliação física inicial e periodicamente para que possa constatar que o treino é o mais indicado para si, através da comparação de dados. Princípio da carga progressiva; o treino deve ser de natureza progressiva pois o organismo humano tende a “acomodar-se” aos estímulos provenientes do exterior, contudo se os estímulos forem sempre iguais ele evolui até certo ponto e depois estabiliza, essa é a altura certa de aumentar o estimulo (carga) para que o organismo procure atingir novo equilíbrio a um nível mais elevado. È urgente que as pessoas sejam sensibilizadas para a prática de exercício físico bem planeado e estruturado que vá ao encontro das necessidades e posteriormente aos objectivos de cada praticante, fale com o seu instrutor e se necessário fale com o seu médico. Na próxima edição serão abordados temas mais específicos e direccionados principalmente ao treino de musculação.

Texto de: Sandro Dias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
1º Artigo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Artigo sobre a legalidade do xenon
» Proibido estaciona Art 181 - XVII
» Art. 192 CTB - Que palhaçada!!!
» Selo do seguro
» Alternador buggy/fusca

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forúm Comité Nacional Fisicoculturismo :: TEMAS GERAIS :: ARTIGOS TÉCNICOS :: by PT Sandro Dias (Village)-
Ir para: